top of page

🚨IMPORTANTE| ÁUDIO | MERCADO DA SOJA




Ontem foi um excelente dia para a soja em Chicago, com uma alta fantástica nos contratos.


Maio fechou com 3% de alta, quase 35 centavos de dólar, enquanto os contratos de julho e agosto registraram uma alta de 2,5%, atingindo o tão esperado valor de 12 dólares por bushel.

_

Amigos, para terem uma noção, o contrato de maio no dia 1º deste mês estava em 11,55 dólares por bushel, o que representa uma alta absurda de um dia para o outro.

_

Ontem, uma conjunção de fatores trabalhou a favor da soja, principalmente o farelo, devido às margens negativas do esmagamento de soja americano para os próximos meses.

O mercado já reconheceu a diminuição da oferta, impulsionando o farelo e, consequentemente, a soja em si.

_

A situação das fortes chuvas no Rio Grande do Sul também repercutiu entre os traders do mundo inteiro, que acreditam que isso possa atrasar a colheita, que ainda não está completa na região.

_

Os Estados Unidos também estão enfrentando previsões de fortes chuvas para as próximas semanas, o que, mesmo com o plantio americano mais adiantado que o normal, pode atrapalhar o andamento do plantio de soja.

_

o USDA também ajudou e divulgou as vendas semanais de soja, mostrando um aumento de 96% no volume de soja vendida na última semana em comparação com a semana anterior.


Isso é positivo para a soja, indicando um programa de exportação americano mais forte e menos estoques.


Porém, o destaque vai para os destinos das vendas de soja dos Estados Unidos, com apenas mil toneladas indo para a China, enquanto os principais compradores foram Egito, Indonésia e Japão, o que sugere que os brasileiros continuarão vendendo para a China.

_

Novos rumores de greves na Argentina também contribuíram para a alta do farelo, já que o país é um dos grandes exportadores do produto.

_

Tudo isso aconteceu em um único dia, tornando ontem um dia perfeito para os preços da soja em Chicago.


Mas o que realmente importa são os preços aqui no Brasil, e é sobre isso que quero falar com vocês.


Embora esses fatores impulsionem as cotações em Chicago, eles não são fortes o suficiente para se sustentar por muito tempo. Se novas situações no mercado não surgirem, em breve Chicago pode cair.

_

O ponto é que podemos estar diante de uma oportunidade única para este ano, com Chicago a 12 dólares por bushel e o dólar a 5,10.


Ontem, a maioria das cooperativas ainda não havia atualizado suas cotações com base na alta da soja, mantendo valores desatualizados.


Mas hoje devem ocorrer mudanças nas ofertas, e peço que levem isso muito a sério.

_

Nós da Agroares queremos que nossos clientes aproveitem o melhor momento do mercado para vender. Por isso, iremos analisar friamente o que é melhor a se fazer e iremos informá-los conforme o mercado se movimentar hoje e na segunda-feira.


Veremos se é melhor vender a soja agora, com Chicago em alta, prêmios em -10 e dólar a 5,10, ou esperar até junho e julho, onde os prêmios estão em +35 e a soja em Chicago e o dólar indefinidos.

_

Faremos essa análise e indicaremos a vocês o que fazer.

Por isso, pedimos que prestem muita atenção nos áudios e análises desta próxima semana.

Comentarios


bottom of page